Omissão, crueldade e uma saída: a informação | O Cão não é o vilão